O Instituto de Arquitetos do Brasil, em parceria com a associação LGBT Casarão Brasil, lançará neste sábado, durante a 8ª Bienal Internacional de Arquitetura, um concurso para revitalizar a rua Frei Caneca, em São Paulo.

O objetivo é reunir o maior número de projetos e ideias para reurbanizar os quase dois quilômetros da via, degradados ao longo das últimas décadas. Contamos como apoio da Prefeitura e dos comerciantes locais para colocar o projeto vencedor em prática o quanto antes, afirma o arquiteto Victor Chinaglia, coordenador do concurso.

Importante eixo de ligação entre a avenida Paulista e o centro da cidade, a rua Frei Caneca vem sofrendo com a degradação de seus imóveis, o enfraquecimento do comércio de rua e o consequente empobrecimento da relação dos pedestres com a região.

Segundo Chinaglia, esses pontos, além do uso de materiais sustentáveis, ajudam na drenagem do passeio público, e a criatividade e relevância das propostas para reintegrar a área e seu entorno serão os principais pontos analisados pela comissão julgadora.

Não colocaremos restrição orçamentária, mas é claro que o arquiteto que quiser ter seu projeto viabilizado deverá pensar em soluções compatíveis com a realidade econômica brasileira.

Com premiação de R$ 5 mil para o projeto vencedor, o concurso terá suas inscrições encerradas no dia 30 de janeiro. O resultado será conhecido no dia 18 de março de 2010.

Leia mais sobre: revitalização

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.