Concerto de 171 horas em Varsóvia marca aniversário de 200 anos de Chopin

Mais de 250 músicos e cantores interpretarão em Varsóvia a música de Frédéric Chopin durante 171 horas, tempo que separa as duas possíveis datas do nascimento do compositor há 200 anos, informaram os organizadores do concerto.

AFP |

De 22 de fevereiro até 1º de março, músicos profissionais e amadores se revezarão durante dia e noite em uma sala do centro de Varsóvia, indicou à AFP Pawel Besser, membro da associação Centrum Smolna que organizou a maratona de apresentações. "Como não sabemos qual das duas datas é verdadeira, tivemos a ideia louca de uni-las em um longuíssimo concerto", ressaltou.

A incerteza a respeito da data de nascimento do compositor polonês-francês persiste. A certidão de batismo de Chopin indica 22 de fevereiro de 1810, mas o próprio compositor e sua família sempre mencionaram o 1º de março como seu aniversário.

"Um gênio tem o direito a nascer durante uma semana", brincou Waldemar Dabrowski, presidente do comitê organizador do Ano de Chopin na Polônia.

Durante a semana haverá também outros concertos maiores em homenagem ao compositor. A Orquestra Filarmônica de Varsóvia realizará concertos diários e contará com artistas renomados como o argentino Daniel Barenboim, Murray Perahia, Ivo Pogorelic, Nelson Goerner, Janusz Olejniczak, Rafal Blechacz, Kevin Kenner, Nikolai Demidenko e Yevgeni Kissin.

No dia 1º de março também será realizado um concerto especial, interpretado por Garrick Ohlsson, Leif Ove Adsnes, Yundi e Dang Thai Son, no Castelo Real de Varsóvia e na casa onde Chopin nasceu, em Zelazowa Wola, a 60 quilômetros da capital polonesa.

Depois de ter passado os primeiros 20 anos de sua vida na Polônia, Chopin foi viver primeiro em Viena e depois em Paris, onde morreria em 1849, aos 39 anos.

    Leia tudo sobre: chopinmúsica clássica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG