BRASÍLIA ¿ A Comissão de Assuntos Econômicos aprovou há pouco, sem alteração, projeto de lei da Câmara que reconhece a música e eventos gospels como beneficiários pela isenção fiscal prevista na Lei Rouanet.

Se aprovada na Comissão de Educação e no plenário do Senado, sem mudanças, a matéria seguirá para sanção do presidente Lula.

Neste caso, empresas poderão deduzir do Imposto de Renda 4% do total a ser recolhido à Receita e para pessoas físicas, 6%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.