Comissão do Senado aprova nova convocação de Dilma

A Comissão de Serviços de Infra-Estrutura, do Senado, aprovou hoje o requerimento do senador Mário Couto (PSDB-PA) que convoca a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para falar, desta vez, sobre um suposto dossiê a respeito de gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso com cartões corporativos da Presidência da República. No dia 3, na mesma comissão, a oposição aprovou um requerimento semelhante, aproveitando a ausência dos governistas - como aconteceu hoje -, convocando a ministra falar sobre obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Agência Estado |

Surpreendida pela iniciativa da oposição, a líder do bloco do governo, senadora Ideli Salvatti (PT-SC), protestou, afirmando que a Comissão de Infra-Estrutura está sendo "instrumentalizada" pelo PSDB. No dia 3, o requerimento aprovado também era de autoria de um senador do PSDB: Flexa Ribeiro (PA).

E outro tucano, o senador Marconi Perillo (GO), apresentou naquela ocasião um aditamento incluindo o tema do dossiê na pauta de assuntos a serem abordados pela ministra no depoimento, mas o retirou pouco depois. Dilma Rousseff já comunicou à comissão que comparecerá após o dia 29 para falar sobre o PAC e sobre o andamento da construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte, no Pará.

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), protestou contra a aprovação do novo requerimento e apresentou dois outros - um deles transformando em convite a convocação de Dilma aprovada no dia 3 e o outro recorrendo ao plenário da Casa para tornar sem efeito a convocação da ministra aprovada hoje.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG