Comissão de frente ilusionista agora encanta nos palcos

Apresentação de escola de samba - fora do período de carnaval - não é só mais show de bateria, acompanhada de passistas. A comissão de frente da campeã Unidos da Tijuca, que encantou o sambódromo com ilusionismo, virou a estrela da agremiação.

Agência Estado |

O grupo de bailarinos responsável pelas trocas de roupa instantâneas e imperceptíveis aos olhos do público tem sido contratado para animar festas e convenções. E já foi convidado para se apresentar no exterior.

A estreia foi na segunda-feira, quando os dançarinos participaram da abertura da Olimpíada do Conhecimento, competição de educação profissional, que reuniu 4 mil jovens de 13 países no Maracanãzinho. O espetáculo custou R$ 40 mil. Como na Sapucaí, as bailarinas trocaram de roupa escondidas por um tubo de tecido, embaixo de um enorme tecido vermelho ou sob chuva de papel picado. Nas saias, surgiu a palavra "futuro", tema do evento.

Os coreógrafos Rodrigo Negri e Priscila Motta dizem que fazem adaptações para o espetáculo caber no espaço do cliente. No Hotel Intercontinental, onde o casal recebeu prêmio pela melhor comissão de frente, não houve espaço para o tecido vermelho. "Estávamos tão perto do público que precisamos dobrar a quantidade de papel picado", conta Negri.

Nada que abale o impacto do número ilusionista. "As pessoas gritam, aplaudem, fazem questão de filmar e fotografar. Ainda se surpreendem com o truque, tentam desvendar o segredo, se empolgam como se fosse a primeira vez", conta Negri. Foi assim no Maracanãzinho: o público da arquibancada saudou a apresentação com palmas e agitando bastões coloridos e iluminados.

Mercado internacional

Fernando Horta, presidente da Unidos da Tijuca, explica que o sucesso da comissão permitiu à escola oferecer um "novo produto" ao mercado de entretenimento. De acordo com ele, shows da escola custam a partir de R$ 7 mil. Com a participação da comissão, esse valor sobe para, no mínimo, R$ 30 mil. A agenda começa a encher, com apresentação em João Pessoa e negociação para um show em Paris. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG