Comissão da UE aprova controle da Aracruz pela Votorantim

BRUXELAS (Reuters) - O conglomerado brasileiro Votorantim ganhou a aprovação das instâncias reguladoras da União Europeia, na terça-feira, para assumir sozinho o controle da empresa de papel e celulose Aracruz Celulose. Braço executivo da União Europeia, com 27 países, a Comissão Europeia disse em comunicado que o acordo não vai prejudicar a concorrência, já que a entidade resultante da fusão não vai restringir o acesso à celulose, em função da presença restrita da Votorantim nesse mercado.

Reuters |

A Aracruz Celulose hoje é controlada conjuntamente pela Arapar, Arainvest e Votorantim, que também possui ativos em cimento e concreto, mineração e metalurgia, suco de laranja concentrado e substâncias químicas.

Através de sua afiliada VCP, a Votorantim anunciou no ano passado ter assinado um acordo para comprar a participação acionária de 28 por cento da Aracruz que estava nas mãos da Arapar S.A., uma holding do grupo Lorentzen.

Como parte do acordo com os acionistas da Aracruz, a VCP também terá que oferecer-se a comprar a participação de 28 por cento pertencente à Arainvest Participações, a holding dos irmãos Joseph e Moise Safra.

Se a Arainvest aceitar a oferta, a VCP disse que planeja trocar suas ações por ações da Aracruz.

(Reportagem de Bate Felix)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG