Um comerciante foi preso em flagrante, ontem, acusado de vender e armazenar irregularmente uma grande quantidade de fogos de artifício no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o material estava sem documentação.

Os fogos de artifícios estavam estocados em vários cômodos das residências, sem nenhum tipo de segurança. Segundo a polícia, um laudo da perícia técnica vai revelar a quantidade apreendida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.