Comerciante é morto a menos de 150 m de DP em SP

O comerciante Franklin Plácido Campozana foi morto a tiros na noite de ontem na região central de São Paulo. O crime aconteceu a menos de 150 metros de distância do 1º Distrito Policial (Liberdade).

Agência Estado |

Testemunhas contaram que a vítima estava dentro do seu carro, parado, quando dois homens em uma moto - um deles usando um capacete e o outro, um boné - se aproximaram. Eles efetuaram cinco disparos e fugiram em seguida. Nenhum suspeito foi preso ainda.

Campozana, de 50 anos, chegou a ser socorrido por dois funcionários de um pronto-socorro (PS) que jantavam próximo ao local e escutaram o barulho dos tiros. Ele foi levado ao PS da Glória, mas não resistiu aos ferimentos. Aparentemente nada foi roubado do comerciante, que possui uma loja na rua onde foi assassinado.

A Polícia Civil vai requisitar imagens do circuito interno de segurança de estabelecimentos comerciais da região que possam ter gravado a ação dos criminosos. O homicídio foi registrado no 1º DP.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG