A festa dos torcedores e integrantes da escola de samba Rosas de Ouro, campeã do grupo especial do carnaval 2010 paulistano, terminou mais cedo do que se esperava, na noite desta terça-feira, 16, após um tumulto iniciado do lado de fora da quadra, na Freguesia do Ó, zona norte de São Paulo. Cerca de 10 mil pessoas superlotavam a quadra da escola e a área externa dela quando policiais militares tiveram de intervir numa briga fora da quadra.

Com os ânimos estavam exaltados, os torcedores da escola, em um número muito maior, quiseram enfrentar os policiais, que foram atacados com paus, pedras e outros objetos. Para dispersar a multidão, os policiais tiveram que usar munição química, entre elas gás lacrimogêneo.

Como ventava bastante, parte do gás invadiu a quadra da escola, que foi esvaziada rapidamente por causa do forte cheiro. Às 23h45, os ânimos já estavam mais calmos e a maior parte dos que lá festejavam já havia ido embora. O saldo, segundo dados preliminares da PM, foi de cinco viaturas danificadas e um policial ferido, não se sabe ainda se gravemente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.