Começam nesta segunda-feira as restrições na avenida Berrini, em São Paulo

SÃO PAULO - A Companhia de Engenharia de Tráfego passa a restringir nesta segunda-feira o estacionamento em 45 ruas da região da avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, zona sul de São Paulo.

Redação com Agência Estado |

Cerca de 3.400 vagas foram eliminadas e outras 740 ruas viraram Zona Azul para aumentar a rotatividade de veículos que param na região. Ainda com a justificativa de melhorar o trânsito, o pacote de medidas inclui também mudança de mão de algumas ruas e a proibição das conversões à esquerda na Berrini.

Fretados

A partir do dia 27, os fretados serão proibidos de entrar na Zona Máxima de Restrição à Circulação de Fretados (ZMRF), uma área de São Paulo de 70 quilômetros quadrados, das 5h às 21 horas nos dias úteis. A restrição adotada pela Prefeitura inclui vias centrais e da zona sul com altos índices de congestionamento e pode aumentar o uso de carro na capital paulista.

A Secretaria Municipal de Transportes (SMT) vai remanejar 65 ônibus para as sete linhas de conexão entre os bolsões de fretados. A frota, porém, não será reforçada. Em nota, a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) alegou que espera receber informações detalhadas da SMT para buscar soluções. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Divulgação

A área em que fica restrita a passagem dos fretados está marcada em azul

Leia mais sobre: fretados

    Leia tudo sobre: transitotransporteônibus fretados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG