Começa tensa sessão que aprecia impeachment no DF

A sessão da Câmara Legislativa do Distrito Federal que vai apreciar o pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) de impeachment contra o governador José Roberto Arruda (DEM) e o vice, Paulo Octávio (DEM), foi aberta no final da manhã de hoje. Os dois são acusados de comandar o esquema de arrecadação de propina e distribuição a aliados, conhecido como mensalão do DEM.

Agência Estado |

A sessão começou bastante tumultuada, com a ocupação das galerias por cerca de 200 manifestantes que gritam palavras de ordem como "Arruda na Papuda", numa referência à penitenciária do Distrito Federal, e "PO (Paulo Octavio) no Xilindró".

Na semana passada, a Procuradoria-Geral da Casa rejeitou seis pedidos de impeachment protocolados por terem como autores entidades representativas em vez de cidadãos, como prevê a legislação. Dois pedidos pela saída do governador - do advogado Evilázio Viana Santos e do ex-deputado distrital Chico Vigilante (PT) - já foram aceitos e encaminhados à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG