Começa mais uma etapa do curso de segurança pública a distância

BRASÍLIA - Começa nesta quinta-feira (26) mais uma etapa (primeiro ciclo de 2009) da Educação a Distância (EAD) sobre segurança pública, projeto do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Cerca de 150 mil profissionais se matricularam em pelo menos um dos 35 cursos oferecidos gratuitamente.

Agência Brasil |

A procura pelos cursos aumentou 163,16% em relação ao mesmo período do ano passado. O tema Direitos Humanos foi o mais procurado (24.052 inscritos), seguido do Uso Progressivo da Força (11.298), Mulheres Vítimas de Violência (10.899), Identificação Veicular (10.543) e Crimes Ambientais (10.541).

Este ano, o EAD oferece quatro novos cursos: Convênios, Mediação de Conflitos; Atuação Policial Frente aos Grupos Vulneráveis; Planejamento Estratégico; e Planejamento Orientado por Problemas.

A EAD é destinada a policiais (civis, militares, federais e rodoviários federais), peritos, bombeiros, agentes penitenciários e guardas municipais. Para dar suporte aos que não têm acesso à internet, o Ministério da Justiça disponibilizou 270 telecentros em todo o país com computadores, com o objetivo de auxiliar os alunos no aprendizado e avaliação.

Leia mais sobre: segurança pública

    Leia tudo sobre: segurança pública

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG