Começa em SP programa para incentivar teste de aids

O Programa de Combate a Aids do Estado de São Paulo começa, na segunda-feira, uma campanha para incentivar a população paulista a fazer o teste de HIV. Chamada de “Fique Sabendo”, o objetivo é reduzir o número de pacientes que começam o tratamento da doença em fase tardia.

Agência Estado |

“Das 5 mil pessoas que, todo ano, descobrem que são soropositivos e entraram para o programa, 43% apresentam uma carga viral muito alta, o que indica que demoraram a fazer o teste”, diz a coordenadora do programa, Maria Clara Gianna.

Segundo ela, é isso que faz uma parcela de 10% dos infectados morrer no primeiro ano do diagnóstico. “Sabemos que os medicamentos anti-retrovirais, se aplicados no início da doença, promovem uma sobrevida de, no mínimo, dez anos”, reforça Maria Clara.

Outro dado alarmante foi identificado pela Unaids, entidade da Organização Mundial de Saúde. Só na Capital, de cada dez paulistanos, seis nunca fizeram o teste e podem conviver com o vírus sem saber. Para incentivar a população a procurar os postos, a Secretaria de Estado da Saúde vai distribuir cinco milhões de folhetos sobre os locais que oferecem o teste. As informações são do Jornal da Tarde .

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG