O depoimento à Justiça de Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe da menina Isabella Nardoni, de 5 anos, assassinada em 29 de março, começou por volta das 13h45. Ana Carolina é a primeira das 10 testemunhas de acusação ouvidas hoje pelo juiz Maurício Fossen, do 2º Tribunal do Júri, no Fórum de Santana, zona norte de São Paulo.

Os avós maternos de Isabella, José Arcanjo de Oliveira e Rosa Maria Cunha de Oliveira, também vão depor nesta tarde.

O pai e a madrasta da menina, Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, são acusados pelo crime e vão acompanhar o depoimento de Ana de Oliveira, segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça (TJ). O casal está preso preventivamente desde 8 de maio.

Ontem, Fossen ouviu outras sete testemunhas de acusação, entre elas a delegada que chefiou o inquérito, Renata Pontes, e a perita responsável pela perícia, Rosângela Monteiro. A assessoria do TJ havia informado mais cedo que o juiz ouviu oito pessoas ontem, mas esclareceu há pouco que, das oito previstas para o dia, uma foi substituída por uma testemunha marcada para hoje e outra foi dispensada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.