Com transbordamento de represas, Atibaia já tem 900 famílias atingidas por alagamento

Subiu para 900 o número de famílias afetadas pelos alagamentos em Atibaia, cidade do interior de São Paulo, segundo informações da Defesa Civil municipal. No Estado, já são 23.409 pessoas que foram obrigadas a sair de casa por causa das enchentes. O número de mortos, registrado desde 1º de dezembro, chegou a 64.

iG São Paulo |

AE
Atibaia alagada com transbordamento de represas

Atibaia alagada com transbordamento de represas

O excesso de chuvas e o transbordamento das represas Atibainha e Jaguari, do Sistema Cantareira, ajudaram a elevar o nível do Rio Atibaia de terça para quarta-feira, provocando os alagamentos. Desde 1999, não era registrado o transbordamento das represas.

Ainda de acordo com o órgão, são 150 famílias desalojadas - as que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares - e 66 desabrigadas - pessoas que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos -, em 15 bairros que foram atingidos.

Represas no limite

As chuvas fortes das últimas semanas, de acordo com a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), elevaram a quantidade de água armazenada em várias represas de São Paulo, especialmente as do Sistema Cantareira.

O volume de chuva em dezembro de 2009 e nos primeiros dias de janeiro deste ano é excepcional e, em um dos casos (represa Jaguari), é o maior ocorrido nos últimos 70 anos.

O caso mais significativo é o das represas Atibainha e Cachoeira que, na manhã de terça-feira recebiam 70 m³ por segundo de água dos rios que as formam e retinham cerca de 75% desse volume de água, deixando passar apenas 18 m³ por segundo para o Rio Atibaia.

As prefeituras estimam que pelos menos 6 mil moradores de comunidades ribeirinhas possam ser diretamente afetados pelos alagamentos.

Cidades ameaçadas

As inundações podem atingir 12 municípios , onde vivem 800 mil pessoas. Além das oito cidades por onde se dividem as represas (Bragança Paulista, Caieiras, Franco da Rocha, Joanópolis, Nazaré Paulista, Mairiporã, Piracaia e Vargem), também podem sofrer com o excesso de água Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Capivari e Itatiba. Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), não há mais como controlar a vazão nas Represas Atibainha e Jaguari/Jacareí.

(*com informações da Agência Estado)

Leia também:

Leia mais sobre chuvas

    Leia tudo sobre: chuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG