Com roupa da Marinha, 3 invadem complexo naval no RJ

Três homens armados vestindo uniformes de fuzileiros navais invadiram nesta quarta-feira o 1º Distrito Naval do Rio de Janeiro, na Praça Mauá, na zona portuária da cidade. De acordo com a Marinha, eles entraram no complexo militar em um carro roubado.

Agência Estado |

Os sentinelas desconfiaram do motorista e acionaram o Sistema de Segurança. Após uma vistoria, os militares prenderam os invasores, que não reagiram, e no fim da tarde foram presos na 5ª Delegacia de Polícia, no Centro. Segundo a Polícia Militar, dois deles estavam armados com pistolas.

A polícia desconfia que os criminosos pretendiam roubar armas do complexo militar, embora o Paiol de Armas da Marinha no Rio de Janeiro esteja localizado na Ilha do Governador, na zona norte. Investigadores não descartam a hipótese de que os invasores tivessem cúmplices dentro da instalação militar, pois não levavam armamento pesado para abrir caminho a tiros.

Traficantes de drogas comandaram os mais importantes ataques e roubos de unidades militares no Rio de Janeiro. Em 2004, cinco traficantes do Complexo da Maré (zona norte) invadiram um depósito da Aeronáutica e roubaram 22 fuzis com cinco carregadores, uma pistola, granadas e coletes à prova de bala. Dois anos depois, traficantes do Comando Vermelho invadiram o Estabelecimento Central de Transportes do Exército, em São Cristóvão, na zona norte, e roubaram 10 fuzis e uma pistola.

    Leia tudo sobre: marinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG