Com R$ 7 por pessoa, Igreja quer reformar Cristo no Rio

Uma campanha nacional elaborada pela Arquidiocese do Rio de Janeiro pretende arrecadar dinheiro para reformar a estátua do Cristo Redentor, que fica no alto do Morro do Corcovado, dentro do Parque Nacional da Tijuca. Vistoria técnica detectou que serão necessários aproximadamente R$ 7 milhões para recuperar o monumento, que recebe mais de 2 milhões de visitantes por ano.

Agência Estado |

Quem doar R$ 7 para a campanha "Eu sou de Cristo" receberá, como agradecimento, um broche dourado com a imagem em miniatura da estátua.

"A construção do Cristo Redentor só aconteceu porque fiéis fizeram doações na década de 20, atendendo ao apelo de uma grande campanha popular. Por isso, clamamos novamente o povo para que coopere, para que possamos fazer obras de manutenção. Há um desgaste muito grande no material, uma vez que fica a céu aberto, a 710 metros de altitude, sofrendo as avarias provocadas pela chuva e pelo sol. A imagem vai ser ainda mais visitada em função da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016", afirmou o padre Omar Raposo, reitor do Santuário Cristo Redentor.

Neste ano foi feita uma reforma de emergência que custou R$ 1,5 milhão, valor dividido entre a Arquidiocese e o Ministério do Turismo. Foram trocados os para-raios, que haviam sido danificados durante uma tempestade, foi feita também a impermeabilização interna da imagem e a troca do piso que fica em torno do monumento. Agora é necessário fazer a manutenção da estátua, que é de concreto e revestida com pedra-sabão.

É preciso também fazer a proteção interna da estrutura do corpo da imagem e a recolocação de parte do revestimento externo e tratamento. A reforma inclui melhoraria na sinalização do entorno e nas informações aos turistas. As doações podem ser feitas em qualquer uma das 252 paróquias da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. Mais informações sobre a campanha podem ser conseguidas no site www.soudecristo.org.br. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG