Com novas vítimas no RS, mortes por H1N1 chegam a 379 no país

SÃO PAULO (Reuters) - O número de vítimas fatais da gripe H1N1 no Brasil chegou a 379 nesta terça-feira, com oito novas confirmações no Rio Grande do Sul. O Estado gaúcho soma agora 78 óbitos, segundo dados da Secretaria de Saúde.

Reuters |

O Paraná, Estado mais atingido pelo vírus H1N1 no Sul do país, registrou 28 novas mortes e contabiliza 107 óbitos.

Na segunda-feira, o Pará registrou a primeira vítima pela gripe H1N1 no Estado, em uma mulher de 42 anos, portadora de pneumopatia crônica e asma.

Com 134 vítimas fatais, São Paulo segue sendo o Estado com maior número de óbitos pela doença no Brasil.

O total de mortes baseia-se nos números informados pelas Secretarias Estaduais de Saúde. O Ministério da Saúde deve divulgar balanço sobre a nova gripe no país na quarta-feira.

No município mineiro de Uberlândia, a partida entre o Uberlândia e o Araguaia, pela série D do Campeonato Brasileiro, será realizada com portões fechados nesta terça-feira para evitar a disseminação do vírus H1N1. Este será o primeiro jogo oficial a ser disputado com estádio vazio devido à nova doença.

Há duas semanas, uma decisão judicial obrigou a distribuição de máscaras para os torcedores que acompanharam o jogo entre Santos e Coritiba, em Cascavel (PR).

(Por Hugo Bachega)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG