Com milhares de fiéis, Santo Antônio é 'o cara'

Ele é altruísta, culto, protetor e conhecido como pai dos pobres, tem milhares de seguidores de norte a sul do País

Agência Estado |

Ele é altruísta, culto, protetor e conhecido como pai dos pobres, tem milhares de seguidores de norte a sul do País, é invocado para resolver causas urgentes e, o melhor, não enrola, resolve rápido. De quebra, ainda dá uma força pra quem deseja encontrar a cara metade. Com um índice de popularidade elevadíssimo, seria o cabo eleitoral perfeito neste ano de eleições gerais no Brasil. Mas Santo Antônio prefere ficar distante das disputas políticas, afinal, é democrático, transita em todas as tribos e está aberto às súplicas de todos, independentemente de credo, raça, cor ou ideologia.

E na semana em que se comemora o seu dia, 13 de junho, estudiosos em sua história garantem: ele é muito mais do que o popularmente conhecido santo casamenteiro. Um dos maiores especialistas do País em Santo Antônio, o esotérico Daniel Atalla, proprietário da Escola Esotérica Luz da Lua, diz que a fama de casamenteiro foi adquirida no Brasil. "Santo Antônio tem relação com a prosperidade, com a proteção, é santo guerreiro e recupera objetos perdidos. É ativador de riqueza, senhor da magia, da força e da coragem", diz Atalla.

Segundo Dom Joaquim Justino Carreira, bispo auxiliar de São Paulo, Região Episcopal Santana, a fama e os milagres realizados por Santo Antônio são tantos que apenas 11 meses após sua morte, em 13 de junho de 1231, ele foi canonizado pelo Papa Gregório IX. "Ele é invocado como protetor de coisas perdidas, para cura de doenças, conversão das pessoas, para arrumar bom casamento, defender contra as tentações do maligno e ajudar em favor de tudo o que se pede de bom", diz Dom Joaquim. E garante: "O fato é que Santo Antônio nunca decepciona seus devotos."

Uma das provas do ecumenismo de Santo Antônio está na Umbanda. No sincretismo, ele representa Ogum, divindade guerreira. "Essa é sua face de guerreiro, de grande desbravador", informa Armando Vallado, babalorixá e sociólogo da Universidade de São Paulo (USP). Uma de suas representações é como militar e provém do século XVII, após dom Afonso VI tê-lo nomeado protetor do exército português nas guerras de Restauração da Independência. Vallado diz que Santo Antônio carrega muita simbologia. A distribuição de pães no seu dia representa a fartura e prosperidade.

O sociólogo da USP diz que o dia em homenagem ao santo também é muito forte: "o cabalístico 13", por isso, a força em torno de seu nome. Essa força, aliás, será trabalhada por Daniel Atalla em seu espaço esotérico, no dia de Santo Antônio, num ritual de proteção e da energia do amor. "Santo Antônio sempre me trouxe muita coisa boa e me auxilia em vários aspectos, sobretudo na proteção e prosperidade. Além disso, me mostrou que por mais que se passe por problemas, vale a pena acreditar na solução leve e equilibrada", diz Atalla.

Fama de casamenteiro

A fama de casamenteiro é baseada numa história muito popular no Nordeste brasileiro, segundo a qual uma jovem se apegou ao santo na esperança de arrumar um bom casamento. Por mais que ela orasse e fizesse todas as penitências, passaram-se dias, meses e anos e nada de o pretendente surgir. Um dia, ela estava tão revoltada com a situação que jogou a imagem do santo pela janela. Neste momento, um jovem passava pela janela da moça e foi atingido pela imagem do santo. Resultado: os dois se apaixonaram e se casam.

A partir dessa história, ganhou força a crença de que, se Santo Antônio for maltratado, ele atende miraculosamente o pedido dos mais afoitos em encontrar o par ideal. Apesar da garantia de que tais flagelos surtem resultado, o esotérico Daniel Atalla resolveu levantar a seguinte bandeira este ano: "Não maltratem Santo Antônio". Segundo ele, o melhor é tratá-lo com carinho, amor e dedicação e, se possível, ofertar-lhe um relicário (morada). Afinal, como lembra Dom Joaquim, "Santo Antônio sempre foi e ainda é um exemplo de fé, de esperança e de caridade para toda a humanidade."

    Leia tudo sobre: Santo Antonio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG