Com greve da PM, Ministério da Justiça autoriza ação da Força Nacional em Roraima

BRASÍLIA - O Ministério da Justiça autorizou, de acordo com a norma publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União, a atuação de agentes da Força Nacional de Segurança Pública no estado de Roraima.

Redação com Agência Brasil |

Segundo a Portaria n.º 577, os agentes darão apoio às ações de polícia nas áreas metropolitanas de Boa Vista, no bloqueio e controle de rodovias e no combate a crimes ambientais. A permanência será de 30 dias, prorrogáveis se necessário.

AE
Policiais militares e familiares aquartelados no Comando de Policiamento da Capital
Os policiais militares de Roraima estão em greve desde segunda-feira. A categoria aceitou o reajuste de 14,5%, mas quer o aumento em uma única parcela. A proposta do governo é que o aumento seja pago em duas parcelas. O governo do Estado afirmou que não vai negociar enquanto os militares permanecerem em greve. E que o reajuste será parcelado.

Leia mais sobre: greve

    Leia tudo sobre: pm

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG