fala do senador tucano. ¿Eu queria me congratular com o senador pela estrutura do seu discurso¿, ironizou Sarney. " / fala do senador tucano. ¿Eu queria me congratular com o senador pela estrutura do seu discurso¿, ironizou Sarney. " /

Com gentilezas, Sarney se defende do senador Sérgio Guerra

BRASÍLIA - Após o discurso do senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), o presidente da Casa Legislativa, José Sarney (PMDB-AP), pediu a palavra em plenário para responder à http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/08/18/sergio+guerra+se+defende+das+acusacoes+de+sarney++7949995.html target=_topfala do senador tucano. ¿Eu queria me congratular com o senador pela estrutura do seu discurso¿, ironizou Sarney.

Camila Campanerut, repórter em Brasília |

O peemedebista chamou de ponderado e equilibrado o discurso do tucano, a que Sarney se referiu como amigo não só pessoal, como de sua família.

Sarney explicou que não pretendia criar constrangimento ao senador Guerra. Quero dizer que ontem em nenhum momento tive [esta] intenção. O presidente do Senado justifica ainda que  invocou o nome do amigo, a quem tem o maior apreço, porque ele também ter sido vítima de injustiça e pela autoridade que o nome de Guerra impõe. 

Sarney fez referência à recente denúncia de que Guerra tinha custeado as despesas da filha dele em viagem aos Estados Unidos com o dinheiro público. Na época, Guerra mostrou documentos que comprovaram a legalidade de sua ação e ainda afirmou que pagaria, caso a Justiça assim o julgasse, estes gastos.

Mais cedo, Sérgio Guerra se defendeu, em discurso, da crítica de Sarney de que alguns senadores pediram uma investigação sobre os móveis da família do presidente do Senado, de "forma apressada.

Veja também:

Leia mais sobre: crise no Senado

    Leia tudo sobre: sarneysenadosenadoressérgio guerra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG