SÃO PAULO - A chuva que atingiu São Paulo nesta manhã, aliada a pequenos acidentes, fez com que a cidade registrasse seu segundo pior congestionamento do ano no período da manhã. O valor, de 139 quilômetros de lentidão, foi registrado às 9h30, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Às 11h45, porém, o trânsito já havia melhorado e o congestionamento era de 100 quilômetros.

O pior índice da manhã do ano foi registrado no dia 13 de fevereiro, às 10h30, quando o número de quilômetros com lentidão chegou a ser de 155. O número registrado nesta sexta-feira foi o pior do mês de maio.

Por volta das 11h45, os piores pontos para circulação na cidade eram a Marginal Tietê e a Radial Leste. A primeira apresentava lentidão no sentido Castello Branco, por mais de seis quilômetros a partir da ponte Júlio de Mesquita Neto. Já na segunda, o congestionamento seguia no sentido Centro, entre os viadutos Pires do Rio e Vila Matilde.

Mesmo com a chuva persistente, o Centro de Gerenciamento de Emergências ainda não registrou pontos alagados na capital paulista

Acidentes

Um dos acidentes que afetou o trânsito nesta manhã de sexta-feira foi na avenida Cruzeiro do Sul, sentido Centro, na altura do número 465. Duas faixas chegaram a ficar ocupadas pela colisão entre um carro e uma moto, mas às 9h a pista já havia sido liberada. Segundo a CET, uma pessoa ficou ferida no acidente.

Leia mais sobre: trânsito

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.