Cidades paulistas terão mutirão contra rubéola" / Cidades paulistas terão mutirão contra rubéola" /

Com 58 milhões de vacinados, campanha contra a rubéola termina hoje em todo o País

BRASÍLIA - A Campanha Nacional Contra a Rubéola termina nesta sexta-feira em todo o País. Ao todo foram vacinadas 58 milhões de pessoas, cerca de 83% da meta nacional estabelecida no início da campanha, em agosto. Esta foi a maior campanha de imunização já realizada no mundo, segundo o Ministério da Saúde. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/09/19/cidades_paulistas_terao_mutirao_contra_rubeola_1911924.html target=_blankCidades paulistas terão mutirão contra rubéola

Redação |

Acordo Ortográfico

Apesar do término oficial da campanha, o ministério informou, por meio da assessoria de imprensa, que os Estados que avaliarem necessário continuar a imunização tem autonomia para isto.

Em São Paulo, é provável que a vacinação continue. A Secretaria de Saúde do Estado se reune, neste momento, com as secretarias municipais para traçar novas estratégias para atingir a meta do Estado.

No Paraná, a Secretaria da Saúde do Estado já divulgou nota na qual informa que a campanha será realizada até dezembro. Segundo dados divulgados, o Estado contabilizava apenas 79,15% de paranaenses vacinados, na faixa etária dos 20 a 39 anos, até a última terça-feira.

Agência Brasil
Agência Brasil
Estudante recebe vacina em posto no Parque Olhos d'Água

A Campanha Nacional Contra a Rubéola terminaria no último dia 12, mas foi prorrogada até esta sexta-feira em 11 Estados. Homens e mulheres de 20 a 39 anos devem se vacinar contra a rubéola. Nos Estados do Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte, a faixa etária é de 12 a 38 anos.

Balanço

O balanço geral divulgado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) mostrou que, apesar da campanha, os homens se vacinaram menos que as mulheres. No total, 86% delas e 80% deles foram vacinados.

Na divisão por regiões, a Norte foi a menos vacinada, com 77,62% de cobertura, e os mais imunizados estão na região nordeste, que teve 86,69% de cobertura.

A doença

A rubéola é uma doença caracterizada por manchas vermelhas que aparecem primeiro no rosto e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo inteiro. É comum que o contágio aconteça pelas vias respiratórias.

Uma das grandes preocupações com a doença está na rubéola congênita, quando ela é transmitida da mãe para o feto, porque ela pode provocar malformações no bebê, como surdez e problemas visuais. Leia mais sobre rubéola

Leia mais sobre: campanha de imunização

    Leia tudo sobre: campanharubéola

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG