Colisão de jet skis mata estudante no Guarujá-SP

Uma colisão entre dois jet skis resultou ontem na morte do estudante Denis Vieira da Silva, no Guarujá, na Baixada Santista. O piloto do outro jet ski fugiu.

Agência Estado |

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o crime, classificado como homicídio culposo, e está fazendo diligências para identificar o fugitivo.

O acidente aconteceu na praia da Enseada e a vítima foi resgatada pelos bombeiros pouco depois. Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros, Maurício Machado Cunha, o jovem de 24 anos estava inconsciente e com parada cardiorrespiratória. Ele foi socorrido e levado ao hospital Santo Amaro, mas não resistiu aos ferimentos. Silva foi reconhecido apenas horas depois, no Instituto Médico Legal (IML) do Guarujá, pelo seu primo José da Silva Ribeiro Filho, que reside em São Vicente.

De acordo com Ribeiro Filho, a vítima morava da Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, e estava no Guarujá com um grupo de amigos. Porém, Ribeiro Filho afirmou desconhecer detalhes do acidente ou de quem pilotava o outro jet ski.

A Polícia Civil apurou que os jet skis envolvidos no acidente pertenciam a Clayton Álvares, morador da Vila Formosa, e Adriano Roberto Zechi, morador da Vila Alpina, também na capital paulista. Segundo o delegado assistente do Guarujá, Luiz Ricardo Lara Dias Junior, a identificação do envolvido na morte deverá ocorrer em breve. A Capitania dos Portos apreendeu os dois jet skis para perícia e instaurou um Inquérito Administrativo para apurar as causas do acidente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG