Colin Firth fará homossexual suicida na estréia de Tom Ford como diretor

Londres, 28 dez (EFE).- O ator britânico Colin Firth fará A Single Man, a estréia como diretor e roteirista de cinema do estilista Tom Ford, no qual também participará a atriz americana Julianne Moore.

EFE |

Durante a apresentação à imprensa em Londres de seu último filme, "Easy Virtue", Firth explicou que o longa-metragem de Ford será "extraordinário".

Nele, o protagonista de "O Diário de Bridget Jones" interpretará um professor homossexual cujo parceiro morre em um acidente de carro.

Ambientado na Los Angeles de 1960 e baseado no romance de mesmo nome de Christopher Isherwood, "A Single man" conta o último dia de vida desse professor, que decide se suicidar porque não pode viver sem o companheiro.

Firth afirmou que seu personagem é muito interessante porque lhe permitiu olhar através dos olhos de um homem que vê as coisas pela última vez na vida.

Outro projeto do ator britânico é "Dorian Gray", uma nova versão já rodada do famoso romance de Oscar Wilde "O Retrato de Dorian Gray", no qual interpreta lorde Henry Wotton.

Firth disse estar muito contente com seu ano, após co-produzir um documentário, participar do musical "Mamma Mia" - O Filme", da comédia "Easy Virtue", e de "Genova", de Michael Winterbottom. EFE vmg/db

    Leia tudo sobre: cinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG