Coleção de arte de Jeanne Lanvin será leiloada em Paris

Paris, 13 out (EFE).- A coleção de arte de Jeanne Lanvin, criadora da marca de perfumes Lanvin, avaliada em 20 milhões de euros e que conta com telas assinadas por Renoir, Degas, Pissarro, Braque, Vuillard e Picasso, será leiloada em dezembro em Paris.

EFE |

Os quadros, segundo a casa de leilões Christie's, serão vendidos por desejo da filha de Lanvin, Marie-Blanche de Polignac, herdeira da dinastia deste sobrenome - a mesma do príncipe Edmond Melchior Jean Marie de Polignac, compositor e mecenas parasiense cujo salão era freqüentado por Marcel Proust, Jean Cocteau e Claude Monet.

Destaca-se no catálogo do leilão a tela de Pierre-Auguste Renoir "Femme nue sur un canapé", cujo valor é estimado entre 800 mil e 1,2 milhão de euros.

A coleção, que será exibida parcialmente em Hong Kong, Londres, Genebra e Nova York antes de sua venda em Paris, também conta com obras de Boudin e Vuillard.

Embora o acervo seja formado essencialmente por obras impressionistas, também serão leiloadas criações de Pablo Picasso.

A dinastia Polignac, que destinará parte do dinheiro arrecadado às fundações Forteresse de Polignac e Polignac Ker-Jean, também venderá obras de artistas como Bonnard, Cassatt e Roger de la Fresnay no dia 1º de dezembro. EFE jaf/wr/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG