A 27ª edição da São Paulo Fashion Week (SPFW) começou ontem em clima de Paris, com as coleções do verão 2010 homenageando ao Ano da França no Brasil. O tema do evento, realizado na Bienal do Ibirapuera, zona sul da capital, é Paixão Passion.

A Colcci levou para passarela as celebridades Gisele Bündchen, Rodrigo Hilbert e Jesus Luz (suposto namorado da Madonna). A top abriu com um microvestidinho de babados e patchwork de xadrez. Hilbert desfilou com camisetão puído e desconstruído. Jesus Luz entrou cheio de panos, de suspensório e tórax nu.

O primeiro desfile da temporada foi da Osklen, de Oskar Metsavath, diretor criativo e dono da marca. O Rio foi novamente inspiração e o samba chique dominou a passarela. As peças usavam a modelagem da t-shirt como referência principal. Camisetas de tule transparente em cores do arco-íris formavam sobreposições com regatas e shorts brancos. Já a estilista Priscilla Darolt mostrou coletes e blazers acinturados. A assimetria dá o tom da coleção, com destaque para vestidos florais plissados, de um ombro só, e golas com volumes.

A V.Rom, do estilista Igor de Barros, grife especializada em moda masculina, mais uma vez apostou na alfaiataria. O destaque foi a nova modelagem proposta para as calças dos rapazes, com comprimento abaixo dos joelhos. Ontem, teve ainda os desfiles de Paola Robba, ex-estilista da grife Poko Pano, e Uma, por Raquel Davidowicz. Hoje, entram na passarela Iódice, Maria Bonita, Alexandre Herchcovitch, Cori, Forum, Hui Clos e Cia. Marítima. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.