CNJ mostra Cadastro de Adoção a juízes de 5 Estados

O Cadastro Nacional de Adoção (CNA) será apresentado nesta sexta-feira aos juízes e servidores de cinco capitais do País: Rio Branco (AC), Manaus (AM), Macapá (AP), Goiânia (GO) e João Pessoa (PB). De acordo com o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, que lidera o evento, o objetivo é divulgar aos juízes a ferramenta criada para agilizar os processos de adoção no Brasil.

Agência Estado |

O sistema permite o cruzamento de informações entre as varas da criança e juventude de diferentes Estados, o que proporciona aos interessados na adoção encontrar uma criança com as características pretendidas em cidades ou Estados diferentes do seu local de moradia.

De acordo com o CNJ, o cadastro contabiliza 5.819 pedidos e 816 crianças e adolescentes aptas à adoção. A maioria dos pretendentes reside no Paraná (1.892) e em São Paulo (1.810). Já as crianças cadastradas estão, principalmente, em São Paulo (365), Distrito Federal (183) e Paraná (107). Com as reuniões de sexta-feira, será concluída a etapa de apresentação do CNA aos juízes e servidores nos Estados brasileiros, iniciada em junho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG