Tamanho do texto

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vai lançar na terça-feira o Cadastro Nacional de Adoção (CNA), que permitirá a uniformização das informações relativas à adoção no Brasil. O sistema criado pelo CNJ com a colaboração dos tribunais de Justiça será implantado nas varas da Infância e da Adolescência até o mês de julho e facilitará os processos de adoção no País.

Antes regionalizadas, as informações estarão disponíveis aos juízes, responsáveis pela alimentação do CNA.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.