Entenda a Operação Satiagraha http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/01/para_protogenes_novo_relatorio_ratifica_seu_trabalho_3100599.html target=_topPF pediu nova prisão do banqueiro Daniel Dantas, diz Protógenes http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/02/sinopse_de_imprensa_justica_nega_acesso_de_dantas_a_inquerito_3100800.htmlJustiça nega acesso de Dantas a inquérito" / Entenda a Operação Satiagraha http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/01/para_protogenes_novo_relatorio_ratifica_seu_trabalho_3100599.html target=_topPF pediu nova prisão do banqueiro Daniel Dantas, diz Protógenes http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/02/sinopse_de_imprensa_justica_nega_acesso_de_dantas_a_inquerito_3100800.htmlJustiça nega acesso de Dantas a inquérito" /

CNJ adia novamente julgamento de processo administrativo contra juiz De Sanctis

BRASÍLIA - O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira adiar pela segunda vez o julgamento do pedido de abertura de um processo administrativo contra o juiz da 6ª Vara Federal, Fausto De Sanctis, responsável pelos decretos de prisão preventiva cumpridos em julho na Operação Satiagraha da Polícia Federal. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/07/08/entenda_a_operacao_satiagraha_da_policia_federal_1426230.html target=_topEntenda a Operação Satiagraha http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/01/para_protogenes_novo_relatorio_ratifica_seu_trabalho_3100599.html target=_topPF pediu nova prisão do banqueiro Daniel Dantas, diz Protógenes http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/12/02/sinopse_de_imprensa_justica_nega_acesso_de_dantas_a_inquerito_3100800.htmlJustiça nega acesso de Dantas a inquérito

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

No último dia 18 de novembro, o processo que estava previsto para entrar na pauta da sessão teve de ser retirado pelo fato do relator, o corregedor Gilson Dipp, ter presidido a sessão no lugar do ministro Gilmar Mendes, que estava na Alemanha.

O ministro-relator da ação, Gilson Dipp, não quis comentar o novo adiamento, mas informou aos outros conselheiros que é favorável à realização da sessão pública, sem sigilo. No início da manhã, a assessoria do CNJ afirmou que por se tratar de um julgamento sigiloso, a sessão seria secreta.

Com a mesma opinião do relator, o conselheiro, Técio Lins e Silva, avaliou que a sessão secreta deve ocorrer apenas em caso excepcional. A regra é ser aberta a exceção é ser fechada, acrescentou. Agora, os conselheiros irão ouvir a defesa de De Sanctis para definir se a sessão será aberta ou fechada.

A ação

A reclamação contra o magistrado foi apresentada pelo deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE) que solicita sobre repasse de senhas e acessos a cadastros e escutas telefônicas supostamente autorizadas pelo magistrado. Sanctis foi alvo também de críticas do presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes por ter decretado uma nova prisão preventiva do banqueiro Daniel Dantas durante a Operação Satiagraha, a pedido do delegado Protógenes Queiroz.

Leia mais sobre: Operação Satiagraha

    Leia tudo sobre: operação satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG