CNI/Ibope: intenção de voto em Serra sobe para 38%

Para a sucessão presidencial de 2010, a intenção de votos no governador de São Paulo, José Serra (PSDB), subiu de 35% em setembro para 38% em novembro, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Ibope divulgada hoje. Nesta lista, a intenção de votos da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, também subiu, de 15% para 17%, enquanto a do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) caiu de 17% para 13%.

Agência Estado |

A senadora Marina Silva (PV-AC) perdeu dois pontos porcentuais em comparação a setembro e teve 6% de intenção de votos em novembro. O porcentual de votos em branco e nulos recuou de 14% para 13%, e o total dos que disseram não saber em quem votar ou não quiseram responder avançou de 10% para 12%.

Quando a simulação substitui Serra pelo governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), o deputado Ciro Gomes lidera as intenções de votos, embora tenha recuado de 28% para 26%. A ministra Dilma, nesta simulação, avança de 18% para 20% e Aécio passa de 13% para 14%. A intenção de votos na senadora Marina Silva recua de 11% para 9%, enquanto o porcentual de brancos e nulos cai de 19% para 17%. Disseram não saber ou não quiseram responder 15% dos 2.002 entrevistados, ante 12% em setembro. A margem de erro da pesquisa é dois pontos porcentuais para cima ou para baixo.

Rejeição

Apesar da melhora nas duas simulações, Dilma teve um ligeiro aumento em sua rejeição, que atingiu 41% em novembro, ante 40% em setembro. Já Serra teve leve queda na rejeição, de 30% para 29%. Ciro Gomes ficou estável, com rejeição de 33%. A rejeição a Aécio Neves caiu de 37% para 36% e a de Marina Silva foi a única que oscilou acima da margem de erro, com rejeição de 40% ante 37% em setembro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG