CMN aprova refinanciamento de dívida de agricultor do CO

BRASÍLIA (Reuters) - O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou em reunião extraordinária nesta terça-feira o refinanciamento de dívidas de investimentos de produtores do Centro-Oeste, com uma nova linha de crédito de até 500 milhões de reais. Segundo o diretor de Programa da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt, o objetivo do refinanciamento das dívidas que venciam em 2008 é dar mais fôlego para aqueles produtores que ficaram sem recursos para quitar os débitos, depois de terem de aplicar o dinheiro em caixa no custeio da atual safra, em meio à crise de crédito.

Reuters |

Especialmente no Centro-Oeste, as tradings são importantes financiadoras da safra, mas nesta temporada muitas restringiram o crédito, em decorrência da crise financeira, o que tem afetado o planejamento do plantio da safra de verão 2008/09, ainda em desenvolvimento.

Além disso, instituições financeiras estão mais cautelosas para conceder o crédito, pois parte dos produtores da região acumula dívidas de safras passada.

Segundo Bittencourt, o governo está preocupado com a safra na principal região produtora de grãos do país.

"A gente está preocupado agora com o custeio", disse ele, após participar de reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A linha de crédito permite que os produtores e as cooperativas paguem, ao longo de até três anos, a parcela de 2008 de suas dívidas.

O valor do financiamento corresponde a até 40 por cento da prestação de 2008 prevista antes da renegociação.

Os 500 milhões de reais serão repassados para os bancos operadores desses programas. Essas instituições vão decidir quem vai ter direito ao refinanciamento, segundo o técnica da Fazenda.

Segundo o Ministério da Agricultura, a implementação dessas medidas não acarretará custos adicionais para o Tesouro Nacional, pois os recursos serão deduzidos do montante alocado, na safra 2008/2009, no Programa de Estímulo à Produção Agropecuária Sustentável (Produsa) e no Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota).

(Reportagem de Fernando Exman e Isabel Versiani)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG