Clientes lotam estacionamentos VIPs de shoppings

Clientes dos shoppings de São Paulo preferem pagar até três vezes mais nos valets dos estacionamentos a gastar tempo em busca de uma vaguinha para o carro. No Eldorado, Frei Caneca, Iguatemi e Aricanduva, o serviço já opera com ocupação máxima nas noites de sexta, finais de semana e vésperas de feriados.

Agência Estado |

No Eldorado, em Pinheiros, por exemplo, quando as 80 vagas do VIP são preenchidas aos fins de semana, resta aos manobristas pedir aos clientes para utilizar o estacionamento comum. Durante a semana, a procura costuma ser baixa, com uma média de 20 clientes. O diagnóstico é o mesmo no Shopping Frei Caneca, no centro. De segunda a sexta-feira, a ocupação bate nos 40%. Porém, nos fins de semana, é máxima.

No Iguatemi, de sexta-feira a domingo, o VIP funciona com ocupação total das 146 vagas. Assim, a tática é aproveitar mais 250 vagas da área descoberta. O serviço é um dos mais caros entre os shoppings pesquisados. Parar uma hora no VIP sai por R$ 12. Na área comum, o preço cai para R$ 7 por duas horas.

Para compensar o custo, no VIP o cliente recebe uma série de agrados. Além de uma sala de espera exclusiva, carregadores transportam as sacolas dos clientes no caminho entre o elevador privativo e o carro. Neste, colocam ainda uma garrafa de água.

Expansão
Para atender ao aumento da demanda, o Iguatemi incluiu no seu plano de expansão a construção de um prédio com seis andares voltados para o sistema VIP. Segundo a assessoria do shopping, a obra já começou, mas não ainda não há data prevista de inauguração.

No maior shopping da cidade, o Aricanduva, mesmo com 14,7 mil vagas gratuitas, formam-se filas no acesso ao valet aos sábados e domingos. O gerente da área, Wilians Pereira dos Santos, afirma que a espera não ultrapassa 10 minutos. "Nossos clientes querem essa comodidade", diz. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG