Cliente acusa loja de colocar câmera em provador na BA

A administradora de empresas Rosemary Rodrigues da Silva, de 39 anos, prestou queixa contra a loja da rede de supermercados GBarbosa no bairro de Costa Azul, em Salvador, porque uma câmera de vigilância do local teria flagrado o momento em que ela trocava de roupa, dentro de um provador do estabelecimento. Segundo Rosemary, mesmo que ela tentasse se esconder, a câmera conseguiria filmá-la por meio do espelho instalado dentro do provador.

Agência Estado |

Ainda de acordo com ela, seu marido, Ricardo Santana, foi chamado ao local e o casal mostrou a dois funcionários do estabelecimento que a câmera poderia filmar quem estivesse dentro do provador. Com isso, pediram que fosse apagado o trecho da filmagem em que ela aparecia. Diante da negativa por parte da equipe de segurança do supermercado, resolveram prestar queixa. De acordo com a delegada Maria Cristina Pereira, funcionários e responsáveis do estabelecimento serão chamados a depor ainda esta semana.

A rede varejista distribuiu uma nota na qual "nega veementemente" a denúncia. De acordo com o texto, a acusação de que câmeras filmam dentro de seus provadores "é completamente infundada". Os equipamentos "servem tão somente para visualização do salão e permitem apenas uma visão panorâmica de alguns setores do estabelecimento", alega a empresa, afirmando ainda que, logo que soube da denúncia, "a direção da rede tomou todas as providências para apurar os fatos".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG