Tamanho do texto

O cineasta francês Claude Lanzmann, diretor do documentário Shoah, declarou oficialmente aberto 61º Festival de Cannes, marcado pela exibição de Blindness, do diretor brasileiro Fernando Meirelles.

Lanzmann parabenizou os organizadores, que "fizeram deste Festival um lugar único do planeta cinema e nos fizeram conhecer a imensa diversidade e a imensa riqueza do cinema dos cinco continentes".

"Como existe apenas uma humanidade, há apenas um cinema", disse, lançando um "Viva!" à "diversidade interminável e à unidade indestrutível do cinema".

Anteriormente, Meirelles, cercado pelo elenco do filme, entre eles a brasileira Alice Braga, foi aplaudido por um longo tempo ao entrar na sala.

O cineasta brasileiro brincou junto às escadarias do palácio de exibição, afirmando que "para inaugurar um festival cinematográfico, é preciso dizer que um filme sobre a cegueira é interessante".

Compareceram à cerimônia de abertura do festival inúmeras estrelas, como os americanos Dennis Hopper, Faye Dunaway e Eva Longoria, a australiana Cate Blanchett, assim como todos os membros do jurado, entre eles o americano Sean Penn, Natalie Portman e o diretor mexicano Alfonso Cuarón.

mc/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.