Ciro tem salário bloqueado para pagar indenização a Serra

FORTALEZA - O deputado federal cearense Ciro Gomes (PSB) disse nesta sexta-feira, na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), que está com sua conta-salário bloqueada. Quando participava do Fórum Nacional das Lideranças de Micro e Pequenas Empresas, Ciro revelou que um juiz paulistano bloqueou sua conta devido a um processo que o governador paulista José Serra (PSDB) entrou contra ele por calúnia e difamação, em 2002, cobrando uma indenização de R$ 30 mil. Hoje minha conta foi bloqueada e estou sem poder pagar minhas contas, lamentou.

Agencia Nordeste |

Segundo Ciro, o problema está sendo resolvido "porque isso é contra a disposição literal da lei. A conta de salário não pode ser bloqueada, é a sobrevivência da pessoa".

Conforme o deputado "esta é terceira vez que é um juiz singular de São Paulo manda bloquear minha conta de salário, contra disposição clara da lei, por ação movida pelo Serra", explicou, depois da palestra, em entrevista na Fiec.

Na palestra, Ciro Gomes contou que não pagaria indenização de R$ 30 mil para não atrasar a mesada dos seus três filhos com a senadora Patrícia Saboya (PDT), candidata a prefeita de Fortaleza este ano.

    Leia tudo sobre: ciro gomes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG