O deputado federal Ciro Gomes (PSB/CE) minimizou hoje em Bauru às críticas feitas contra o governador José Serra (PSDB), ontem, durante encontro da Força Sindical. A cidade no interior de São Paulo é um reduto forte do PSDB, onde Ciro participou de um encontro regional do PSB no recinto da Câmara.

"Faço política com humor, não tenho nenhum desentendimento pessoal com o Serra, mas não tem jeito trazem para os jornais essas bobagens.
Aquilo foi uma brincadeira depois de eu falar sobre diversos temas", disse o deputado sobre a declaração da "feiúra da alma" do governador de São Paulo.

Ele também voltou a criticar a relação do PMDB com o PT, a qual qualificou de "relação frouxa". Para ele, é preciso saber qual é o tipo de relação moral e intelectual nessa aliança. "O problema não é o PMDB, que é meu aliado no Estado de Ceará, mas qual é o tipo de relação moral e intelectual que preside essa relação", declarou.

Questionado se era uma referência ao senador José Sarney, Ciro afirmou que não queria "fulanizar", mas qualificou de postura de intransigência contra a hegemonia moral e intelectual da aliança.

Ciro diz que a transferência de domicílio eleitoral do Ceará para São Paulo é uma diretriz a ser definida pelo PSB, mas até o momento não há nada decidido. Após a reunião em Bauru, ele seguiu ao meio-dia num jatinho fretado para Campo Grande no Mato Grosso do Sul onde estava marcada outra reunião.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.