Ciro comemora queda de Serra em pesquisa

O deputado federal e pré-candidato a presidente da República pelo PSB, Ciro Gomes (CE), disse hoje, em João Pessoa (PB), que a última pesquisa do Instituto Datafolha começa a anunciar que a ameaça da volta ao passado está diminuindo. Ele se referia à queda do governador paulista e possível candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra (PSDB), nas intenções de voto.

Agência Estado |

Segundo o Datafolha, Serra caiu cinco pontos em relação à pesquisa anterior. A ministra e pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, cresceu cinco pontos. O tucano aparece com 32%, a petista com 28% e Ciro aparece com 12% das intenções de votos. Na pesquisa anterior, o pessebista tinha 13%.

"Apesar de eu ter a menor estrutura de poder, sou um candidato que frequenta a faixa dos 12% estáveis, o que significa quase 20 milhões de brasileiros dando a este modesto nordestino a oportunidade de participar do debate eleitoral", disse Ciro Gomes. Segundo ele, o resultado da pesquisa do Datafolha em nada vai alterar sua candidatura ao Palácio do Planalto. Ciro esteve hoje em João Pessoa para apoiar a pré-candidatura do prefeito Ricardo Coutinho (PSB) ao governo da Paraíba.

Ele criticou o que chama de desejo da grande mídia paulista de reduzir a política a um choque de pesquisas. "Não podemos, a pretexto do que deseja a grande mídia de São Paulo, reduzir a política a um choque de pesquisas, nem a tratativas de Brasília. Se pesquisa fosse suficiente, o povo não teria que resolver. A gente apenas contrataria os institutos de pesquisa", disse o deputado.

Segundo ele, a campanha é mais importante do que as pesquisas. O pré-candidato disse que tem 30 anos de vida pública limpa e que ajudou a implantar o real e a concretizar o projeto de governo do presidente Lula. "Tenho contribuição a dar ao País", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG