Cinzas de vulcão chileno começam a perder força, afirma FAB

As companhias aéreas TAM e Gol mantêm cancelados voos para Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu

BBC Brasil |

selo

A nuvem de cinzas do vulcão Puyehue, no Chile, deixou Porto Alegre (RS) e começou a perder força, segundo um novo boletim do Volcanic Ash Advisory Centres da Argentina (Vaac), citado pela Força Aérea Brasileira (FAB) nesta terça-feira. De acordo com nota divulgada pela FAB, a nuvem agora está encobrindo as regiões das cidades gaúchas de Caxias do Sul e Santa Maria e Florianópolis (SC).

A Força Aérea afirma que a nuvem está mais baixa, ficando a cerca de mil metros de altitude. O Vaac - responsável por monitorar as cinzas - informou, segundo a FAB, que a emissão de fumaça pelo vulcão está perdendo força progressivamente.

As companhias aéreas Gol e TAM informam que seus voos programados com origem e destino nas cidades de Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai) continuam cancelados . Já a Gol também suspendeu seus voos de e para a cidade argentina de Rosário. A FAB afirma que não há previsão sobre o fechamento de aeroportos em cidades brasileiras.

Segundo a Força Aérea, o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, tem o maior número de voos cancelados para destinos no Cone Sul da América do Sul.

Na manhã desta terça-feira, as cinzas também provocaram o cancelamento de voos na Austrália e na Nova Zelândia.

    Leia tudo sobre: vulcãovootamgol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG