TÓQUIO ¿ O sonho de todo cinéfilo, unir o prazer da telona à privacidade do lar, é o que propõe, por aproximadamente R$ 450, uma das maiores salas de cinema de Tóquio, a Shinjuku Piccadilly, que irá reabrir suas portas no mês que vem.

A estrutura, localizada no bairro central de Shinjuku, terá um total de 10 telas e capacidade para receber até 2.237 espectadores.

Na maior das salas, com capacidade para 607 pessoas, apenas dois casais poderão aproveitar as duas luxuosas cabines privadas, os Platinum rooms, que possibilitam assistir ao filme de forma confortável e reservada, graças a cômodos sofás e bebidas exclusivas como champanhe e vinho.

Para os menos abonados há uma solução mais econômica, sem, no entanto, a privacidade total: 22 poltronas de produção européia, disponíveis pelo preço de 5 mil ienes (cerca de R$ 90) cada.

O "Shinjuku Piccadilly" é um dos cinemas mais famosos e antigos de Tóquio. Construído em 1958, o edifício que hospeda as salas foi fechado em 2006 para ser completamente reformado, uma operação que custou 6 bilhões de ienes (cerca de R$ 90 milhões). O cinema irá reabrir oficialmente ao público no próximo dia 19 de julho.

Leia mais sobre: cinema

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.