Cinema brasileiro ganha força nos EUA com festival em Hollywood

LOS ANGELES ¿ O Festival de Cinema Brasileiro de Hollywood encerrou hoje sua primeira edição com a firme intenção de potenciar os filmes nacionais na Meca do cinema.

EFE |

O objetivo foi delimitado por Talize Sayegh, diretora-executiva do The Hollywood Brazilian Film Festival (HBR Fest), que, durante seis anos, trabalhou para organizar o evento, realizado este ano no Teatro Chinês de Hollywood, de 27 a 29 de janeiro.

"Não poderia sonhar com tanto", disse. "Eu só era uma menina do Brasil que pensava que o cinema era para ricos, não imaginava que existissem o cinema independente nem as coproduções", afirmou Sayegh.

O amor dela pela sétima arte a levou a trabalhar durante anos no Festival de Cinema Latino de Los Angeles, junto a Edward James Olmos.

"Ele me abriu as portas e me deu a oportunidade de sonhar", afirmou Sayegh. "Depois, começou minha luta com a intenção de criar uma ponte entre Brasil e Estados Unidos, porque consideramos que nosso cinema precisa de um camarote próprio que sirva para expor nossa cultura em Hollywood", acrescentou.

A cerimônia inaugural, com a estreia nos EUA de "Romance", de Guel Arraes e com Wagner Moura e Letícia Sabatella no elenco, contou com a presença de Camila Alves e de seu marido, o ator Matthew McConaughey.

Também estiveram presentes os astros Alice Braga ¿ "sua humildade impressiona", disse Sayegh ¿, Rodrigo Santoro ¿ "um orgulho para nosso país" ¿, Reynaldo Gianecchini, Gerard Sanders, Max Fercondini, Darlene Vazquetelles e D'Anthony Wayne Palms.

Ao longo dos três dias de evento foram exibidos os curtas "Tarantino's Mind", "Before It's Gone" (premiado no festival), "Blackout" e "Landau 66", além do documentário "Bare Foot Ballet: The Mercedes Baptista Story" e o filme "Entre Lençóis".

O fechamento ficou a cargo de "Carmo", uma co-produção brasileira, polonesa e espanhola, dirigida por Murilo Pasta e protagonizada pelo espanhol Fele Martínez, que estreou em janeiro nos EUA no Festival de Cinema de Sundance.

    Leia tudo sobre: cinema brasileiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG