Um menino de 11 anos que vendia balas num semáforo, na região central de Sorocaba, interior de São Paulo, foi levado para um terreno baldio e agredido por três adultos ontem. A agressão foi registrada por um cinegrafista da TVTem.

Aparentemente os homens procuravam alguma coisa com a criança. Um dos agressores puxou o garoto pelo braço e gritou com ele. Outro, o que aparentava estar mais irritado, deu um empurrão no menino, que caiu, chorando. Quando se levantou, foi agredido com um tapa no rosto. Outro menino que também tinha sido levado para o terreno começou a chorar. Pessoas que passavam pela rua intervieram para evitar novas agressões. Dois dos homens foram embora num carro. O que deu o tapa na criança deixou o local numa moto.

Um cinegrafista da TVTem, emissora local, gravou toda a cena. As imagens chocaram a presidente do Conselho Tutelar de Sorocaba, Nelma Petinatti. "São fatos gravíssimos, tanto as agressões quanto a exposição de crianças ao risco num semáforo." Segundo ela, a cidade tem vários programas de atendimento para crianças em situação de risco e a prefeitura será notificada.

As famílias das crianças serão procuradas. A Polícia Civil vai usar as imagens para tentar identificar os agressores. Eles podem responder por lesões corporais e outros crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.