O cinegrafista da TV Record Alexandre Silva de Moura, de 36 anos, recebeu alta médica nesta tarde, após 44 dias internado no Hospital Israelita Albert Einstein. Ele foi vítima de um acidente de helicóptero da emissora no dia 10 de fevereiro, na zona sul da capital paulista.

Moura teve politraumatismo e passou por uma operação de reconstrução da coluna lombar. O hospital já havia informado anteriormente que o cinegrafista não apresenta nenhum déficit neurológico em razão do acidente.

A aeronave com Moura e com o piloto Rafael Delgado Sobrinho, de 45 anos, caiu na pista de grama do Jockey Club, na zona sul. Sobrinho morreu no acidente e Moura foi vítima de politraumatismo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.