Cineasta Orlando Senna deixa a direção da EBC

BRASÍLIA - O cineasta Orlando Senna deixou nesta terça-feira a Diretoria Geral da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), gestora da Agência Brasil. A decisão foi anunciada por meio de uma nota, distribuída à imprensa e aos funcionários da EBC, em que a empresa diz que ele pediu a exoneração por motivos pessoais.

Redação com Agência Brasil |

Agência Brasil
Orlando Sena deixa a EBC
Leia a íntegra da nota:

"O diretor-geral da EBC, Orlando Senna, apresentou hoje seu pedido de  exoneração do cargo. Ele pediu afastamento por razões pessoais, considerando já ter dado sua contribuição para a implantação da TV Pública no Brasil.

A empresa agradece seu empenho e dedicação que foram fundamentais para os primeiros passos da EBC e da TV Brasil, ao longo dos últimos oito meses. Suas atribuições serão absorvidas, transitoriamente, pela diretora-presidente.

Também se afasta da empresa o diretor de Relacionamento e Rede, Mário Borgneth, que também contribuiu de maneira relevante, conduzindo até agora o diálogo com as emissoras educativas estaduais, com vistas à formação da rede  pública de televisão. Ele será substituído, interinamente, pelo diretor de  Serviços, José Roberto Garcez."

    Leia tudo sobre: mídia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG