Cinco presos morrem carbonizados em rebelião na Paraíba

JOÃO PESSOA - Ao menos cinco presos morreram carbonizados e outros 42 ficaram feridos na manhã desta sexta-feira durante uma rebelião no Presídio do Roger, em João Pessoa, na Paraíba. De acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), o fogo atingiu, principalmente, o pavilhão 3 do presídio.

Lecticia Maggi, iG São Paulo |

Os feridos, a maioria com queimaduras, foram encaminhados por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Alguns presos receberam atendimento médico no próprio local.

Segundo a SAP, o motim começou em razão de uma briga entre os detentos. Eles atearam fogo em dois colchões e, com a ação do vento, as chamas se espalharam rapidamente atingindo diversas celas do pavilhão. A Secretaria afirma que os agentes penitenciários agiram rapidamente e quebraram uma das paredes para facilitar a saída deles, mas o incêncio já havia se alastrado.

Foram confirmados os nomes de apenas dois dos mortos. São eles: Wilson Barbosa e Osias Marques de Souza.

A SAP ainda não sabe os motivos que geraram a briga entre os presos. Nesta sexta-feira, a Polícia Militar realizou vistoria no presídio e a segurança foi reforçada para evitar novos tumultos.

*Com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: rebelião

    Leia tudo sobre: joão pessoamortosrebelião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG