Pelo menos cinco pessoas da mesma família morreram soterradas na manhã desta sexta-feira em Cunha, no interior de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros de Guaratinguetá, a chuva provocou o desmoronamento de um barranco que soterrou a casa onde viviam sete pessoas. Uma delas foi resgatada com vida e levada para o hospital de Guaratinguetá. Uma pessoa continua desaparecida.

A chuva que atinge o Vale do Paraíba e o litoral norte do Estado de São Paulo desde a noite de quinta-feira (31) causa transtornos em várias cidades da região. 

Segundo a Polícia Militar, há dificuldade em providenciar socorro devido às barreiras nas estradas que ligam o município às cidades vizinhas, deixando a população ilhada. Em São Luiz do Paraitinga, o rio Paraitinga subiu três metros e pelo menos 500 famílias foram atingidas.

A água também desalojou cerca de cem famílias em Aparecida, no bairro da Ponte Alta, onde o rio Paraíba transbordou. Duas famílias tiveram que ser abrigadas numa escola da cidade. Várias ruas estão alagadas no local.

O rio Paraíba também preocupa a população dos bairros Jardim Primavera e Chácaras Agrícolas, onde diversas casas foram inundadas devido à cheia do rio, que atingiu 3,20 metros acima de seu nível normal. Oito famílias estão abrigadas numa escola.


* com informações da Agência Estado

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.