Cinco pessoas da mesma família são mortas dentro de casa no Rio Grande do Sul

VIAMÃO - Cinco pessoas da mesma família foram assassinadas na madrugada desta terça-feira em Viamão, no Rio Grande do Sul. Segundo informações da Polícia Militar, homens armados arrombaram, por volta da 0h20, a porta de uma casa localizada na Rua Treze, no Jardim Castelinho, e atiraram nas vítimas.

Redação |

A Brigada Militar da cidade informou que foram encontrados os corpos dos irmãos gêmeos Maicon Berquin da Silva Cardoso e Marlon Delfim da Silva Cardoso, de 23 anos, da irmã deles Marilei da Silva Cardoso, do esposo dela, Laertes Soares, de 48 anos e do adolescente John Lennon da Silva Soares, de 14 anos, que era filho do casal. Todas as vítimas foram atingidas por tiros de calibre 12 e 45 na cabeça.

Uma menina de 5 anos, identificada como Andressa carolina da Silva Soares, foi atingida com um tiro na barriga e encaminhada ao pronto-socorro de Porto Alegre.

Segundo a PM, um bebê, de apenas 1 ano, e uma menina, de 10 anos, que também estavam na casa no momento da invasão, não ficaram feridos. Eles foram entregues ao Conselho Tutelar.

De acordo com a polícia, a família morava em uma casa localizada em uma área invadida na periferia do município, onde residem cerca de cinco mil moradores.

A chacina pode ter relação com o assassinato de uma mulher no dia 1° de maio, no Jardim Leopoldina. Conforme a polícia, ela seria mãe dos três irmãos e foi executada com um tiro no pesçoco.

A polícia informou que Maicon tinha antecedentes criminais por roubo e Marlon era procurado da Justiça por homicídio e, por isso, acredita que os crimes possam estar relacionados ao tráfico de drogas na região. "Eles tinham antecedentes criminais e é provável que estivessem devendo dinheiro para alguém", afirmou um policial da corporação que preferiu não ter seu nome divulgado.

Leia mais: chacina

    Leia tudo sobre: chacinario grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG