Eleitores de cinco cidades brasileiras estão voltando às urnas neste domingo (22): Ponto Chique (MG), Francisco de Sá (MG), Fronteira dos Vales (MG), Corguinho (MS) e Baixa Grande do Ribeiro (PI). As eleições suplementares nestas cidades ocorrem porque mais de 50% dos votos foram anulados pela Justiça Eleitoral após o indeferimento de registros dos candidatos nas eleições de 2008.

Em situações como essas, o TSE determina a realização de um novo pleito. Para votar, os eleitores devem levar um documento de identidade com foto e o título eleitoral.

Conforme estimativas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais de 30 mil eleitores devem participar dessas eleições, sendo que em Ponto Chique (MG) são aproximadamente 3,5 mil, em Fronteira dos Vales (MG), cerca de 3,7 mil, em Corguinho (MS), 3,1 mil, e em Baixa Grande do Ribeiro (PI), 6,3 mil eleitores. Na cidade de Francisco de Sá (MG), com 16.825 eleitores, o pleito suplementar só foi confirmado com a decisão contrária do ministro do TSE, Felix Fischer, ao mandado de segurança do candidato à prefeitura, Antônio Dias, que teve o registro negado em 2008, de acordo com informações da Agência Brasil.

No documento, o candidato solicitava a anulação da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais de realizar as eleições suplementares neste domingo. Até agora, já foram realizadas no país 22 eleições suplementares referentes ao pleito de 2008. Até abril, outras seis cidades terão novas eleições.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.