Cildo Meireles recebe Prêmio Velázquez de Artes Plásticas

O escultor brasileiro Cildo Meireles recebeu nesta segunda-feira das mãos do rei Juan Carlos I da Espanha o VII Prêmio Velázquez de Artes Plásticas 2008, em reconhecimento por sua trajetória artística.

AFP |

Meireles recebeu o prêmio de 90.450 euros em uma cerimônia no Museu do Prado de Madri e também terá a oportunidade de expor no Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofia de Madri.

O artista, que já expôs na Espanha, no Instituto Valenciano de Arte Moderna (IVAM) em 1995, defendeu, na coletiva de imprensa, que "a arte é uma espécie de inutilidade indispensável".

"Sua obra expõe perguntas e abala nossas consciências", afirmou o rei ao entregar o prêmio.

"A obra de Cildo Meireles postula um compromisso político que soube harmonizar as necessidades poéticas de toda criação. Ao longo de sua trajetória, mostrou uma invariável capacidade de inventar e produzir novas formas", afirmou o júri do prêmio ao anunciar sua escolha.

O prêmio também dá o oportunidade a Meireles de escolher outro artista com menos de 35 anos para que seja beneficiado com a Bolsa Velázquez, de 30.000 euros.

O brasileiro já expôs no Museum of Modern Art de Nova, no MACBA de Barcelona e na Tate Modern de Londres.

gr-esb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG