Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Cilada contra empresário deixa 2 policiais mortos em SP

Um empresário do Rio caiu hoje numa emboscada na Rodovia Anchieta (SP-150), em Cubatão, na Baixada Santista (SP), após se encontrar com supostos vendedores de um carro que havia negociado pela internet. Foram mortos dois policiais.

Agência Estado |

O empresário dos ramos da aviação e segurança Ricardo Malaguti, de 29 anos, havia negociado por meio de uma página de venda de automóveis na internet a compra de um Jeep Hummer.

De acordo com a Polícia Civil, Malaguti chegou hoje de avião à Base Aérea de Santos, no Guarujá (SP), e seguiu para o encontro com o vendedor, marcado, inicialmente, para acontecer em frente ao Aquário Municipal de Santos. Porém, o local foi alterado e ele seguiu para Cubatão, onde se encontrou com dois suspeitos, aparentemente menores de idade, na frente das Lojas Pernambucanas.

Malaguti estava acompanhado dos policiais civis Sérgio Gomes de Carvalho Filho, de 51 anos, e Leandro da Costa Santos, de 32, que faziam a segurança dele. Ele, Carvalho Filho e Santos encontraram-se com os dois supostos vendedores e os cinco seguiram num Astra pela rodovia para o local onde fariam a vistoria do Jeep.

No entanto, quando estavam numa estrada de serviço na altura do quilômetro 49 da Anchieta, o veículos deles foi interceptado por outro, cujo motorista desceu armado. Os dois jovens do Astra também estavam armados e houve troca de tiros. Os policiais foram executados e Malaguti fugiu. A polícia informou acreditar que o crime foi um seqüestro frustrado. "Já houve cativeiro ali, a nossa hipótese é que eles iam seqüestrar, mas perceberam que os dois acompanhantes eram policiais", afirma o diretor do Departamento de Policia Judiciária do Interior 6 (Deinter) de Santos, delegado Waldomiro Bueno Filho.

Seqüestro

De acordo com Bueno Filho, existe seqüestro com o modus operandi de venda de objetos caros por meio de computadores. "Eles sabiam que a vítima tinha dinheiro; esse Jeep custa R$ 175 mil", disse, revelando que a polícia tem pistas de quem seriam os três suspeitos e que deverá chegar a eles rapidamente.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG